Trata
mentos

Cirurgia da Catarata

catarata

A catarata e um processo de opacificação do cristalino, que é uma lente natural dos olhos localizada atrás da íris. Essa lente (cristalino) é normalmente clara e transparente. Com o aparecimento da catarata, ela se torna opaca e impede a passagem dos raios luminosos que formam a imagem no fundo do olho.

O único tratamento eficaz para a catarata é a cirurgia, não existindo colírios ou óculos que eliminem a doença. A catarata é responsável por 20 milhões de cegos no mundo, e no Brasil 350 mil pessoas apresentam cegueira por conta da doença. No entanto, a perda de visão é reversível com a cirurgia.

A cirurgia de catarata utiliza um laser e facoemulsificação. São feitas incisões no olho para introdução de uma cânula no globo ocular, ligada a um equipamento que aspira e dilui a catarata.

A remoção da catarata é só uma etapa da cirurgia. Para recuperação da visão é necessário implantar uma lente que substitua o cristalino e permita a focalização das imagens. As lentes intra-oculares estão disponíveis em diversos materiais e modelos e variam de acordo com fabricante.
Em constante evolução, as lentes intra-oculares hoje utilizadas estão disponíveis em acrílico, com filtro UV e são dobráveis. Implantada através de uma pequena incisão, uma vez dentro do olho a lente é posicionada no espaço adequado onde assume sua forma final. As pequenas incisões e o desenvolvimento das lentes que podem ser inseridas no olho ainda dobradas, estabeleceram um novo padrão da cirurgia de catarata, permitindo a realização de cirurgias sem o uso de sutura ou ponto para fechamento da incisão.
As lentes intra-oculares permitem a correção de graus eventualmente existentes antes do aparecimetno da catarata- miopia ou hipermetropia. Um avanço significativo foi o desenvolvimento das lentes que também corrigem o astigmatismo: as chamadas lentes tóricas. O uso destas lentes ampliou a possibilidade de correção, diminuindo a dependencia de óculos após a cirurgia de catarata
As lentes multifocais encontram-se no topo da evolução das lentes intra-oculares. Desenvolvidas para se comportarem como um cristalino artificial, proporcionam visão de qualidade a distancias variáveis: perto, para leitura, longe e média distância, sendo sua utilização cada vez maior na cirurgia de catarata.

O que são Lentes Intraoculares Premium?

No tratamento da catarata , o cristalino natural é removido e substituído por uma lente artificial conhecida como lente intraocular (LIO). Você tem diferentes opções ao escolher uma lente intraocular. Não existe uma lente certa ou errada. Uma detalhada avaliação oftalmológica permite escolher a melhor solução individual possível entre várias lentes intraoculares com qualidades ópticas de alta precisão.

Existem basicamente 04 tipos de lentes intraoculares que podem ser implantadas: monofocais, tóricas, multifocais e acomodativas.

As lentes mais sofisticadas devido suas características de alta tecnologia são denominadas Premium.

– Lentes monofocais asféricas:

Lentes monofocais são uma solução que pode ser apropriada para uma boa parte das cirurgias de catarata. Como o nome sugere, essas lentes têm somente um foco (monofocal). Isso significa que com essas “ lentes de poder único” você pode ver claramente em apenas uma distância. Geralmente essas lentes propiciam boa visão para longe, entretanto há necessidade do uso de óculos para a execução de atividades visuais intermediárias e de perto tais como: ler um livro, costurar, usar o computador, etc.

As lentes monofocais podem ainda ser classificadas em esféricas e asféricas. As lentes intraoculares convencionais são esféricas, ou seja, sua superfície frontal é curva. Já as lentes intraoculares asféricas possuem uma tecnologia mais sofisticada, seu design é ligeiramente mais plano na periferia, e são projetadas para fornecer melhor sensibilidade de contraste melhorando a performance visual.

O implante de lentes intraoculares asféricas, ao invés das lentes intraoculares convencionais visa melhorar a qualidade da visão após a cirurgia de catarata reduzindo significativamente a ocorrência de halos luminosos, brilhos e alterações de sensibilidade de contraste que podem estar associadas ao implante de lentes convencionais.

Em resumo, as lentes intraoculares asféricas possuem características que se aproximam ao máximo do cristalino natural, proporcionando uma melhor qualidade visual pós-operatória quando comparada à qualidade de visão fornecida pelas lentes intraoculares convencionais.

Estratégias cirúrgicas de correção visual com o implante de lentes monofocais:

A lente monofocal é calculada a partir de dados de cada olho do paciente, podendo realizar os cálculos para foco somente para longe (nos dois olhos) ou para longe (em um olho) e para perto (no outro olho), técnica conhecida como monovisão. A compensação cerebral é feita de forma automática e imperceptivel, na grande maioria dos casos. Quando se opta pelos dois olhos com melhor visão para longe é necessário, invariavelmente, uso de óculos para perto. Quando a opção é pela monovisão, muitas atividades diárias poderão ser executadas sem a ajuda de óculos para perto, mas, em algumas circunstâncias específicas, esses serão necessários. A escolha da melhor estratégia de correção visual monofocal exige uma adequada avaliação oftalmológica pré-operatória.

intraoculares-premium001

– Lentes Intraoculares Tóricas

Um dos mais importantes avanços tecmológicos em implantes intraoculares foi o surgimento de lentes intraoculares tóricas. Esta lente permite corrigir o astigmatismo pré-existente de pacientes submetidos a cirurgia de catarata.O astigmatismo está presente em muitas pessoas e resulta em uma visão distorcida, borrada que exige o uso de lentes corretivas (óculos ou lentes de contato) para sua correção. Até recentemente, pouca coisa poderia ser feita para a correção do astigmatismo presente após a cirurgia de catarata, além do uso de óculos, lentes de contato ou outra cirurgia refrativa complementar com excimer laser.

Com as lentes intraoculares tóricas agora disponíveis é possível corrigir o astigmatismo de forma eficiente e segura. Desta forma pode-se diminuir a necessidade do uso de óculos na maior parte do tempo, e recuperar a qualidade de visão para longe em uma só etapa cirúrgica.

intraoculares-premium002

– Lentes Intraoculares Multifocais

Lentes multifocais oferecem uma série de benefícios confortáveis sobre as lentes monofocais. As lentes multifocais podem oferecer a você a chance de uma vida sem óculos – independente da distância de visão.Como o nome sugere, estas lentes têm mais de um ponto focal (multifocal). Isso significa que existe uma grande possibilidade de que você não vai necessitar usar óculos para todas as distâncias. Estudos científicos informam que em 90 por cento dos casos o paciente não necessitará do uso de óculos ou ficará menos dependente deles.

O resultado: ao dirigir você vai ser capaz de não só ver os sinais de trânsito, mas também o velocímetro e o seu instrumento de navegação sem o uso de óculos. Da mesma forma, ao fazer compras, você não vai mais precisar colocar os óculos cada vez que quiser ver uma etiqueta de preço. Ler livros e jornais sem óculos vai ser possível novamente!

Logo após a cirurgia, alguns pacientes podem notar anéis ou halos ao redor das luzes em condições de pouca luminosidade como por exemplo: ao entardecer ou à noite. Esta sensibilidade tende a diminuir bastante ou desaparecer dentro de 03 a 06 meses, pois este é o tempo necessário para o cérebro se adaptar a esta nova situação óptica.

As novas tecnologias de lentes multifocais reduzem estes halos a um mínimo. O resultado é bem menos ofuscamento e halos! Adcionalmente, a óptica asférica proporciona uma qualidade de imagem aperfeiçoada e sensibilidade ao constrate melhorada em condições de baixa luminosidade, como ao entardecer e à noite.

Os pacientes que desejam ser submetidos ao implante destes tipos de lentes sofisticadas devem ter os olhos saudáveis, sem outras patologias além da catarata.

intraoculares-premium003

– Lentes Intraoculares Multifocais Tóricas

O melhor efeito das lentes multifocais pode ser significativamente reduzido por astigmatismo pré-existente. No passado, após o implante das lentes intraoculares multifocais convencionais, frequentemente era necessário tratamento a laser adicional para correção de astigmatismo. Agora, a evolução tecnológica permitiu o desenvolvimento de novas lentes multifocais tóricas que possibilitam a correção simultânea do astigmatismo e da presbiopia com extrema precisão óptica. Estudos clínicos mostram que 90 por cento dos pacientes submetidos ao implante deste modelo de lentes intraoculares não necessitam do uso de óculos ou ficam bem menos dependente deles. É importante ressaltar que uma avaliação oftalmológica especializada possibilita a correta seleção de pacientes para que se obtenha estes resultados satisfatórios.

intraoculares_premium04

– Lentes Acomodativas

Na mesma linha das Lentes Premium, existe uma nova lente intra-ocular com o objetivo de fornecer maior independência dos óculos. Essas lentes intra-oculares, movimentam-se dentro do saco capsular, se anteriorizando para proporcionar uma melhor focalização para perto sem óculos, e retornando à posição normal proporcionando também uma melhor focalização para longe.

Como sempre, há necessidade de uma minuciosa avaliação oftalmológica que permita uma correta seleção de pacientes, pois alguns indivíduos não podem ser submetidos ao implante de lentes acomodativas.

Aqui, novamente, a tecnologia se coloca à disposição do médico e do paciente, na busca de melhores resultados cirúrgicos.

intraoculares_premium05

Lente Intra-ocular Tecnis Symfony.

A lente intra-ocular (LIO) Tecnis Symfony é a primeira e única LIO com a avançada tecnologia denominada Extended Range of Vision. Isto significa que utiliza-se de duas tecnologias complementares para entregar o conceito de alcançe da visão prolongado para a correção da presbiopia ( vista cansada) em pacientes portadores de catarata:

1- O design Echelette patenteado introduz um novo padrão de difração de luz que alonga o foco do olho, resultando em um amplo alcançe de visão.
2- A Tecnologia Acromática patenteada, corrige a aberração cromática proporcionando maior sensibilidade ao contraste.


Desta forma, a LIO Tecnis Symfony entrega qualidade de visão contínua em toda a extensão da lente, propiciando excelente conforto visual associado a alta independência dos óculos para ver de longe, intermediário e perto.


Em pacientes portadores de catarata a associação do implante destas lentes intra-oculares à tecnologia de laser de femtossegundo adiciona segurança e previsibilidade á cirurgia de remoção da catarata.
Se você tem catarata, e necessita de cirurgia, agende uma consulta para avaliarmos se você é um bom candidato ao implante de lentes intra-oculares Tecnis Symfony . Teremos o maior prazer em ajudá-lo.

intraoculares-premium006
Durante o 38º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, que acontece em Florianópolis, Santa Catarina, a ZEISS – empresa alemã referência em óptica – apresenta para um público de cerca de seis mil congressistas o mais novo lançamento no Brasil: a lente intraocular trifocal tórica para cirurgia de catarata de microincisão, a AT LISA® Tri toric 939MP. É a primeira lente trifocal disponível no mercado brasileiro e que proporciona plena visão de perto, de longe e em distância intermediária, sem a necessidade de óculos.
A nova lente intraocular que possibilita enxergar melhor em qualquer longitude foi desenvolvida pela equipe da área de produtos e equipamentos médicos da ZEISS com o intuito de sanar a principal reclamação dos usuários de lentes bifocais, que é a dificuldade de visão em pontos intermediários entre perto e longe. “Diversas atividades de nossa rotina exigem enxergar bem em um alcance intermediário. Por isso, as lentes da família LISA® tri vieram para permitir uma experiência visual bastante natural nos três focos”, explica Manfred Hanke, Diretor Geral da ZEISS no Brasil. Além da vantagem da visão intermediária, a LISA® Tri dispõe também de um aperfeiçoamento da distribuição de luz assimétrica, o que garante ao paciente um melhor desempenho visual em condições de baixa iluminação, inclusive à noite.
Indicada para a cirurgia de catarata, a lente intraocular trifocal é inserida aos olhos substituindo o cristalino opacificado – popularmente conhecido como catarata, e que impede a perfeita visão. A catarata é um processo natural do envelhecimento, mas que se não for tratada pode levar à cegueira.
Toda lente é específica para cada paciente, contendo o grau exato necessário, seja para enxergar de perto ou de longe. E, agora com a nova lente trifocal, também será possível ajustar para uma visão intermediária mais apurada. “As pessoas que realizam a cirurgia de catarata querem desfrutar de uma boa visão em todos os momentos e nós conseguimos desenvolver uma lente que oferece a melhor percepção visual já alcançada”, garante o diretor geral da ZEISS no Brasil.
Essa visão intermediária é essencial, principalmente para aqueles que em sua rotina são cercados por aparelhos eletrônicos, sobretudo computadores e smartphones. É um avanço na saúde ocular de extrema importância para atender ao mundo moderno. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, o número de pessoas com mais de 50 anos que se conectam a internet com frequência por meio de computadores aumentou em 222,3% de 2005 a 2011. Essa faixa etária é justamente a mais atingida pela catarata. Portanto, nos dias de hoje, não basta mais ter apenas uma boa visão de perto ou de longe, os aparelhos eletrônicos já alcançaram todas as idades e a distância intermediária passou a ser fundamental.